Como Submeter o seu Website nos Motores de Pesquisa em 2021

Avatar
Head of Content @ Ahrefs (or, in plain English, I'm the guy responsible for ensuring that every blog post we publish is EPIC).
Estatísticas do artigo
  • Websites com ligações 2
Dados de Explorador de Conteúdo

Mostra quantos websites diferentes estão a ligar para esta peça de conteúdo. Como regra geral, quantos mais websites ligarem para si, melhor posicionamento terá no Google.

Mostra o tráfego de pesquisa mensal estimado para este artigo de acordo com os dados da Ahrefs. O tráfego atual de pesquisa (como reportado no Google Analytics) é geralmente 3-5 vezes maior.

O número de vezes que este artigo foi partilhado no Twitter.

    Se os motores de pesquisa não sabem que o seu web­site existe, a sua hipótese de se posi­cionar não é improváv­el, é impos­sív­el.

    Mas pre­cisa de sub­me­ter o seu web­site aos motores de pesquisa em 2021?

    Aqui está o que apren­derá neste guia:

    Provavel­mente não, mas isso pode ajudá-los a desco­bri-lo mais depressa. 

    O Google e out­ros motores de pesquisa não depen­dem de sub­mis­sões man­u­ais. A prin­ci­pal for­ma de encon­trar novos web­sites e pági­nas é o ras­trea­men­to. É aqui que pro­gra­mas infor­máti­cos con­tin­u­a­mente re-con­fir­mam web­site con­heci­dos por novas lig­ações para novos con­teú­dos. Qual­quer con­teú­do útil que encon­trem é adi­ciona­do à indexação.

    Nota adi­cional.
     Matt Cutts expli­ca mais sobre ras­trea­men­to e como fun­ciona neste vídeo.

    Em resumo, os motores de pesquisa vão provavel­mente encon­trar o seu web­site sozinhos.

    Mas exis­tem alguns bene­fí­cios em submeter:

    1. Mel­hor pre­venir do que reme­di­ar. É rápi­do sub­me­ter o seu web­site, então por que cor­rer o risco de os motores de pesquisa não o encontrarem?
    2. Dar-lhes mais infor­mações. Man­ten­ha os motores de pesquisa atu­al­iza­dos sobre mudanças do seu conteúdo.
    3. Mel­hore o seu web­site. Sub­me­ter o seu web­site ao Google e ao Bing dá-lhe aces­so a fer­ra­men­tas gra­tu­itas para mel­ho­rar o seu website.

    O Google e o Bing descon­tin­uaram ambos  a sua fer­ra­men­ta de sub­mis­são de URL em 2018. Atual­mente, a úni­ca for­ma de sub­me­ter o seu web­site nestes motores de pesquisa é sub­me­tendo o seu sitemap. Para out­ros motores de pesquisa, como o Duck­Duck­Go ou o Yahoo, não há neces­si­dade de enviar o seu website.

    Pode geral­mente encon­trar o seu sitemap num destes URLs: 

    oseuwebsite.com/sitemap.xml

    oseuwebsite.com/sitemap_index.xml

    Sitemap do Blog da Ahrefs

    Se não encon­trar o seu sitemap aqui, ver­i­fique o seu ficheiro robots.txt em oseuwebsite.com/robots.txt. A maio­r­ia dos web­site indi­ca aqui a local­iza­ção do sitemap.

    Se não tiv­er sorte ain­da, provavel­mente não tem um sitemap. Pre­cis­ará de cri­ar um antes de continuar. 

    Ago­ra que isto está fora do caminho…

    Aqui estão os méto­dos ofi­ci­ais para sub­me­ter o seu web­site nos motores de pesquisa:

    Como submeter o seu website no Google

    Aut­en­tique-se no Google Search Con­sole, clique em “Sitemaps” no menu à esquer­da, cole o URL do seu sitemap, depois clique em “sub­me­ter”.

    Nota adi­cional.
     Neces­si­ta de ter adi­ciona­do e ver­i­fi­ca­do o seu web­site no Google Search Con­sole para poder faz­er isto. Siga este tuto­r­i­al primeiro se ain­da não o fez.

    Se tiv­er vários­sitemaps, repi­ta este processo.

    Quer sub­me­ter ape­nas uma pági­na indi­vid­ual no Google?

    Cole o URL com­ple­to na fer­ra­men­ta de inspeção de URL do Search Console.

    Se a pági­na não estiv­er index­a­da, verá o avi­so “O URL não está no Google”. Clique em  “Solic­i­tar index­ação” para solic­i­tar ao Google para ras­trear e indexar a página.

    Se a pági­na estiv­er index­a­da, verá a con­fir­mação “O URL está no Google”.

    Se o URL estiv­er no Google, não pre­cisa de faz­er nada. Con­tu­do, é uma boa práti­ca requer­er a index­ação após atu­alizar e  repub­licar con­teú­do pois pode aju­dar o Google a ras­trear e indexar a pági­na de novo de for­ma mais rápida.

    Como submeter o seu website no Bing

    Aut­en­tique-se no fer­ra­men­ta para web­mas­ters do Bing, sele­cione ‘Sitemaps’ no menu à esquer­da, cole o URL do seu sitemap, e clique em ‘Sub­me­ter sitemap.”

    Se tiv­er vários­sitemaps, repi­ta este processo.

    Submeter o seu website no Yahoo

    A index­ação do Bing fornece o Yahoo. Ao sub­me­ter no Bing, está auto­mati­ca­mente a sub­me­ter o seu web­site no Yahoo. Assim, não há nada a faz­er aqui.

    Como submeter o seu website no DuckDuckGo

    O Duck­Duck­Go não per­mite sub­mis­sões de web­site. Eles desco­brem e index­am web­sites de mais de qua­tro­cen­tas fontes, incluin­do o Duck­Duck­Bot (o ras­treador deles), a Wikipedia, o Bing, e out­ros parceiros.

    Não há mais nada a faz­er aqui sem ser sub­me­ter o seu web­site no Bing.

    Submeter o seu website no Baidu

    Só pre­cis­ará de sub­me­ter no Baidu se o seu web­site tiv­er públi­co-alvo na Chi­na, onde o Baidu tem mais de 66% quo­ta de mer­ca­do. Como o proces­so é bas­tante com­pli­ca­do, não o dis­cu­tire­mos aqui. Mas aqui está um exce­lente guia para a apre­sen­tação do Baidu caso necessite.

    Muitos guias semel­hantes dizem para ver­i­ficar o esta­do de index­ação pesquisan­do no Google por site:oseuwebsite.com. Con­tu­do, isto não é fiáv­el e não rev­ela se um web­site ou pági­na estão index­a­dos. Uti­lizar fer­ra­men­tas forneci­das pelos próprios motores de pesquisa é a uni­ca for­ma con­fiáv­el de ver­i­ficar o esta­do de indexação.

    Para o Google, Vá ao relatório de Cober­tu­ra no Search Con­sole, escol­ha o sep­a­rador ‘Vál­i­das’, depois clique numa das lis­tas de “detal­h­es” para ver os URLs indexados.

    Se pre­tende ver­i­ficar o esta­do de um URL em par­tic­u­lar, use a fer­ra­men­ta de inspeção de URL.

    Para o Bing, use o Explo­rador de web­sites e fil­tre por URLs index­a­dos. Pode então explo­rar todas as pági­nas do seu web­site que estão index­adas. Para ver­i­ficar pági­nas indi­vid­u­ais, use a fer­ra­men­ta de inspeção de URL.

    Se o seu web­site ou pági­na não estão index­a­do, o primeiro pas­so é desco­brir o porquê. Não pode esper­ar resolver o prob­le­ma se não entende o que está errado.

    Para o faz­er, cole o URL na fer­ra­men­ta de inspeção de URLs da Google e ver­i­fique o erro de cobertura.

    Aqui estão alguns prob­le­mas comuns no Search Con­sole e o que significam:

    • Excluí­do pela eti­que­ta ‘noin­dex’. O Google está blo­quea­do de indexar a pági­na por causa de uma meta eti­que­ta robots noin­dex. Remova‑a da pági­na se esta deve ser indexada.
    • Blo­quea­do pelo robots.txt. O Google não con­segue ras­trear a pági­na porque esta foi blo­quea­da no robots.txt. Remo­va o blo­queio para poder haver indexação.
    • Pági­na com redi­re­ciona­men­to. O Google não indexa pági­nas redi­re­cionadas, então remo­va o redi­re­ciona­men­to se a pági­na não deve ser redirecionada.
    • Dupli­ca­da sem canóni­ca sele­ciona­do pelo uti­lizador. OGoogle entende que esta pági­na é con­teú­do dupli­ca­do e escol­heu antes indexar o que acred­i­ta ser a canónica. Nor­mal­mente, isto não é um prob­le­ma, mas deve inves­ti­gar mais se acred­i­ta que esta pági­na deve ser indexada. 
    Nota adi­cional.
    Pode encon­trar uma lista com­ple­ta dos erros e prob­le­mas do relatório de Cober­tu­ra aqui.

    Leitu­ra recomen­da­da: 10 For­ma de Faz­er o Google Indexar o Seu Web­site (Que Real­mente Funcionam)

    A maio­r­ia das pesquisas no Google resul­tam em cen­te­nas de mil­hares de resul­ta­dos. Mas de acor­do com este estu­do, quase ninguém cli­ca depois da primeira página.

    Por esse moti­vo, indexar o seu web­site não é sufi­ciente. Se dese­ja tráfego de motores de pesquisa, pre­cisa de se posi­cionar na primeira pági­na para as suas palavras-chave alvo.

    Como? É com­pli­ca­do, mas aqui está o proces­so geral:

    https://www.youtube.com/watch?v=FUYAe5ROeP0

    Leitu­ra Recomen­da­da: Como chegar à primeira pági­na do Google [Guia Interativo]

    No entan­to, mes­mo chegar à primeira pági­na não é sufi­ciente se pre­tende muito tráfego, porque a maio­r­ia das pes­soas cli­ca nos primeiros três resultados:

    E a esma­gado­ra maio­r­ia das pes­soas cli­ca no primeiro resultado:

    Assim, o que real­mente pre­tende é um posi­ciona­men­to ele­va­do para as palavras-chave alvo. 

    Aqui está o processo:

    https://www.youtube.com/watch?v=Rm1MbJneLSI

    Leitu­ra recomen­da­da: Como Ter um Posi­ciona­men­to Supe­ri­or no Google (6 Pas­sos Fáceis)

    Pensamentos finais

    O Google e o Bing provavel­mente encon­trarão o seu web­site mes­mo que não o sub­meta. O mes­mo é váli­do para out­ros motores de pesquisa. Mas con­tin­ua a valer a pena sub­me­ter man­ual­mente o seu web­site, mes­mo que seja ape­nas para lhes dar um pouco mais de informação.

    Vale tam­bém a pena sub­me­ter nova­mente as pági­nas do web­site que ten­ha atu­al­iza­do ou alterado.

    Esque­ci-me de algu­ma coisa? Diga-me no Twit­ter.

    • Websites com ligações 2
    Dados de Explorador de Conteúdo