Como Criar & Otimizar Landing Pages para SEO (Guia Passo a Passo)

Avatar
Viola Eva é apaixonada por empreendedorismo digital e marketing com uma abordagem mindfulness. Como fundadora e profissional de SEO na Flow SEO, Viola tem trabalhado com startups de tecnologia, ajudando-as a escalarem e a aumentarem o seu tráfego orgânico. Ela é oradora e cronista sobre tudo o que é relacionado com a prática de SEO, conhecida por escrever para o Search Engine Journal, UnGagged, Pubcon, Wordcamp Europe e para o Webinale.
    Todos os negó­cios querem tráfego orgâni­co para as suas land­ing pages, pois estas con­vertem mar­avil­hosa­mente bem vis­i­tantes em novos clientes.

    Emb­o­ra seja mais difí­cil poten­ciar uma land­ing page a obter uma boa clas­si­fi­cação no Google em com­para­ção com, por exem­p­lo, com um arti­go de blog, tal não é de todo impos­sív­el. Aten­tem nes­ta land­ing page do pro­gra­ma Asana. 

    A pági­na está desen­ha­da para guiar vis­i­tantes para a exper­i­men­tação gra­tui­ta do pro­du­to. Cada clique novo vin­do da pesquisa de palavras-chave como “gestão de um pro­je­to online”, “fer­ra­men­ta de gestão de pro­je­to” e “soft­ware de gestão de pro­je­to” é uma exce­lente opor­tu­nidade para ger­ar um novo con­ta­to e, por sua vez, con­vert­er em um poten­cial cliente. 

    De acor­do com a Ahrefs, estas pesquisas ger­am 13,5 mil vis­i­tas orgâni­cas por mês, no Google: 

    Neste guia, você irá apren­der como otimizar e obter uma boa clas­si­fi­cação nas suas land­ing pages com o nos­so proces­so pas­so a pas­so. Mas primeiro, vamos clar­i­ficar o vocab­ulário que ire­mos usar:

    As land­ing pages são pági­nas desen­hadas e con­fig­u­radas para con­vert­er tráfego em con­tatos para o seu negó­cio. Elas podem ser acer­ca de fun­cional­i­dades, pro­du­tos, casos de exper­iên­cia dos uti­lizadores, ou pro­moções. Elas têm difer­entes aspetos visuais mas o propósi­to é sem­pre o mes­mo: cap­tar contatos. 

    Land­ing pages de qual­i­dade têm qua­tro caraterís­ti­cas comuns:

    1. Design Cada design de uma land­ing page leva o uti­lizador numa jor­na­da até à dese­ja­da chama­da para a ação (con­heci­do como CTA – call-to-action – em inglês). 
    2. Tex­to escrito para ven­das Não há neces­si­dade de uti­lizar téc­ni­cas de escri­ta somente voca­cionadas para ven­das, se achar que o tom de voz é bas­tante óbvio ou até mes­mo primário. Con­tu­do, o tex­to numa land­ing page deve edu­car o usuário para um prob­le­ma, conduzindo‑o para a pos­sív­el solução (você) e para o porquê do seu negó­cio estar prepara­do para resolver o que ele procu­ra. O tex­to, por isso, tem de guiar o uti­lizador para tomar ação naque­le momento. 
    3. Chama­da para a ação – Um CTA indi­ca ao vis­i­tante o que faz­er após digerir a infor­mação que con­s­ta na sua land­ing page, definin­do um pas­so claro que terá de tomar. 
    4. For­mulário O for­mulário é uma opor­tu­nidade para a sub­scrição, para o down­load ou para agen­dar uma reunião de esclarec­i­men­to. O preenchi­men­to do for­mulário tor­na um mero vis­i­tante num con­ta­to para o seu negó­cio. Sucesso!

    Ten­do isto em con­ta, você encon­trará difer­entes ver­sões de land­ing pages pela inter­net. A nos­sa pági­na na Ahrefs, acer­ca da explo­ração de palavras-chave, é uma land­ing page – assim como a pági­na de ven­das do Jay Acun­zo para o seu cur­so online ou a pági­na da Bee­keep­er que ofer­ece um chama­do white paper.

    Este guia práti­co irá per­mi­tir com­preen­der, exata­mente, como otimizar uma land­ing page para efeitos de SEO. Vamos a isso! 

    1. Encontrar palavras-chave relevantes

    Nem todas as palavras-chaves são exce­lentes para aplicar numa land­ing page. 

    Nor­mal­mente, uma palavra-chave pre­cisa de algu­ma intenção transa­cional para o Google mostrar land­ing pages nos resul­ta­dos de pesquisa de um uti­lizador. Na sua pesquisa por palavras-chave, você dev­erá focar-se nes­tas palavras-chave. 

    Se a pági­na 1 estiv­er reple­ta de pub­li­cações de blog e guias de for­ma­to lon­go, você irá bater com a cabeça na parede procu­ran­do uma boa clas­si­fi­cação para a sua land­ing page. Ain­da assim, se vir out­ra land­ing page numa posição de topo nas pesquisas, tal fator é um forte indi­cador de que a sua tam­bém pode con­star no topo. 

    Exis­tem duas táti­cas pri­mor­diais para encon­trar boas palavras-chave para uma land­ing page: 

    a. Analisa as landing pages da competição através do seu tráfego

    Uti­lize o Site Explor­er da Ahrefs para anal­is­ar a com­petição. De for­ma mais detal­ha­da, ire­mos usar o relatório de Top Pages 2.0 para ver­i­ficar quais são as pági­nas com a mel­hor performance. 

    Escol­ha o seu país em foco (por exem­p­lo, EUA). Depois defi­na uma regra para excluir palavras-chave asso­ci­adas a uma mar­ca em par­tic­u­lar. Neste exem­p­lo, esta­mos a excluir ‘Asana’:

    Ago­ra, pode rev­er quais das pági­nas da sua com­petição ger­am maior tráfego. Pode ver­i­ficar que a Asana está a obter tráfego rel­e­vante para duas land­ing pages. As palavras-chave prin­ci­pais são “gestão de tare­fa” e “fer­ra­men­tas de gestão de projeto”. 

    Para um con­cor­rente da Asana estas palavras-chave serão poten­cial­mente boas. 

    Repi­ta este proces­so para out­ros con­cor­rentes até ter toma­do nota de uma lista razoáv­el de poten­ci­ais opor­tu­nidades a nív­el de palavras-chave. 

    b. Descubra mais palavras-chave com uma ferramenta de pesquisa 

    Pode usar uma lista de palavras-chave do pas­so ante­ri­or para o inspi­rar na sua pesquisa. Ire­mos usar o nos­so explo­rador de palavras-chave para esta tare­fa. Coloque as suas ideias de for­ma a ger­ar palavras-chave e depois vá até à secção “Match­ing Terms” para obter mais ideias ainda. 

    Aqui ficam algu­mas das ideias de palavras-chave que obtive­mos através das palavras-chave mãe “gestão de pro­je­to” e “gestão de tarefa”: 

    • Fer­ra­men­tas ágeis de gestão de projeto 
    • Fer­ra­men­tas de gestão de port­fólio de um projeto 
    • Gestão de tare­fa online 
    • Gestão de tare­fas pessoais 
    • Pro­gra­ma de gestão de tare­fas para equipas 

    Para palavras-chave que se assemel­hem a poten­ci­ais can­di­datas a con­star na sua land­ing page, é impor­tante clicar no fil­tro “SERP fea­tures” e ver­i­ficar quais são as pági­nas mais bem clas­si­fi­cadas da lista. Não deixe de obser­var out­ras land­ing pages, neste pon­to, pois estas irão indicar-lhe o que os uti­lizadores estão a procu­rar. Dessa for­ma, poderá adap­tar as suas land­ing pages e ter uma razão para obter uma boa clas­si­fi­cação nos motores de busca. 

    Aqui fica um exemplo: 

    Emb­o­ra exis­tem out­ras pub­li­cações de blog no topo das pesquisas para esta palavra-chave, os resul­ta­dos enfa­ti­za­dos são land­ing pages. É claro que você pode tam­bém obter uma boa per­for­mance com este tipo de con­teú­do, isto é, com land­ing pages para o seu negócio. 

    2. Verifique a dificuldade de classificação e o potencial tráfego 

    Antes de definir as suas palavras-chave em foco, você pre­cisa de con­sid­er­ar duas coisas: 

    1. Poten­cial de tráfego
    2. Difi­cul­dade de clas­si­fi­cação no Google 

    Potencial de tráfego

    Obter resul­ta­dos de palavras-chave com pouco ou nen­hum poten­cial de tráfego é um esforço per­di­do, uma vez que não terá qual­quer tráfego rel­e­vante para o seu negó­cio – por muito que tente. Pos­to isto e, uma vez que as land­ing pages ten­dem a ser mod­er­ada­mente lucra­ti­vas, é um fac­to que pode con­sid­er­ar usar palavras-chave com um tráfego poten­cial baixo, con­trari­a­mente por exem­p­lo ao mes­mo cenário apli­ca­do a uma pub­li­cação de blog. 

    O méto­do mais fácil de anal­is­ar e avaliar poten­cial tráfego é ver­i­ficar qual o vol­ume de pesquisa que a land­ing page com a mel­hor clas­si­fi­cação está a obter para uma deter­mi­na­da palavra-chave que fora pre­vi­a­mente defini­da. Isto é algo que pode ver­i­ficar no explo­rador de palavras-chave.

    Por exem­p­lo, a land­ing page com a mel­hor clas­si­fi­cação para “gestão de tare­fa” obtém cer­ca de 3,813 vis­i­tas mensais:

    pro tip
    É mel­hor excluir land­ing pages adja­centes a home­pages quan­do exe­cu­tar esta pesquisa, sendo que estas nor­mal­mente obtêm val­ores atípi­cos, uma vez que atraem tráfego de muitas out­ras palavras-chave. Um bom exem­p­lo dis­to é a land­ing page com mel­hor clas­si­fi­cação para “gestão de pro­je­to de con­strução”, que con­ta com cer­ca de 17 mil vis­i­tas orgâni­cas por mês: 

    Con­tu­do e, tal como pode ver­i­ficar pelo número de back­links que esta pági­na tem, em com­para­ção com o número de palavras-chave para as quais está apon­ta­da, o seu tráfego não é uma rep­re­sen­tação fidedigna do poten­cial des­ta palavra-chave como um todo. 

    O pon­to de rutu­ra para o poten­cial de tráfego é definido por si. Um negó­cio pode estar dis­pos­to a faz­er um esforço sig­ni­fica­ti­vo para mel­ho­rar a clas­si­fi­cação de uma land­ing page que lhes traz somente algu­mas cen­te­nas de vis­i­tas por mês, enquan­to out­ro negó­cio não. Tudo depende de quan­to você acha que esse tráfego vai ser real­mente útil para o seu negócio. 

    Dificuldade de classificação

    Não faz sen­ti­do escol­her uma palavra-chave que se irá rev­e­lar impos­sív­el, sem traz­er resul­ta­dos no cur­to a médio pra­zo. Ficará para sem­pre pre­so na pági­na 4 e irá des­perdiçar o seu inves­ti­men­to em SEO. 

    O cam­in­ho mais rápi­do para perce­ber a per­for­mance é através do nos­so sis­tema de pon­tu­ação das palavras-chave, avalian­do-as pela sua difi­cul­dade de pesquisa. Irá ver tudo isto para todas as palavras-chaves no explo­rador, o que é essen­cial­mente um sis­tema de pon­tu­ação de difi­cul­dade numa escala de 0 a 100 (do mais difí­cil para o mais fácil): 

    Todavia, o úni­co fator que estas pon­tu­ações têm em con­sid­er­ação são os chama­dos back­links. Por­tan­to, antes de tomar qual­quer decisão em apon­tar os seus esforços para deter­mi­na­da palavra-chave, é útil ver­i­ficar, man­ual­mente, a pági­na de resul­ta­dos do mecan­is­mo de pesquisa (con­heci­do por SERP, em inglês) e per­gun­tar a você mes­mo três questões para uma mel­hor com­preen­são da difi­cul­dade de performance: 

    1. Os web­sites com land­ing pages têm a mes­ma clas­si­fi­cação para o seu domínio (DR) em com­para­ção com o meu web­site? Se a clas­si­fi­cação do domínio for maior que a do seu web­site, então você terá maiores difi­cul­dades. Ideal­mente, dev­erá estar com val­ores equilibrados. 
    2. As land­ing pages têm por nor­ma muitos ou poucos domínios asso­ci­a­dos? Provavel­mente pre­cis­ará ter o mes­mo número de web­sites asso­ci­a­dos (ou mais) para com­pe­tir com land­ing pages que apare­cem na pági­na de resul­ta­dos do mecan­is­mo de pesquisa (SERP). Des­ta for­ma, o que está a ten­tar obter aqui são links de vários web­sites exter­nos para o seu. 
    3. As land­ing pages têm back­links asso­ci­a­dos de alta qual­i­dade? Você pode de fac­to encon­trar uma land­ing page com inúmeros back­links, mas se a maio­r­ia deles é de baixa qual­i­dade ou con­sid­er­a­dos spam, eles serão facil­mente bati­dos com poucos, mas de alta qual­i­dade. É recomendáv­el olhar para o per­fil do back­link no explo­rador de web­sites, antes de tomar qual­quer decisão.

    No final de con­tas, não há qual­quer maneira de ter a certeza que apon­tar para deter­mi­na­da palavra-chave é fácil ou difí­cil, mas anal­is­ar estes três fatores pode defin­i­ti­va­mente ajudá-lo. Se sus­peitar que as pos­si­bil­i­dades estão con­tra si, então será mel­hor optar por out­ra palavra-chave. 

    Leitu­ra recomen­da­da: Key­word Dif­fi­cul­ty: How to Deter­mine Your Chances of Rank­ing in Google

    3. Configurar e desenhar a landing page para a pesquisa

    É cru­cial desen­har a dis­posição dos ele­men­tos na sua land­ing page com intenção. Para tal, acon­sel­hamos a rev­er as land­ing pages com mel­hor avali­ação, tal como indicamos nos pas­sos anteriores. 

    Exis­tem duas dimen­sões que dev­erá analisar: 

    1. O que é estas land­ing pages abor­dam? Iden­ti­fique as questões que as mes­mas querem respon­der face às neces­si­dades do utilizador.
    2. O que é que elas ofer­e­cem? Muitas land­ing pages têm fun­cional­i­dades inter­a­ti­vas como fer­ra­men­tas, tem­plates, cal­cu­lado­ras, etc., por isso tome nota destas ideias. 

    Voltan­do ao exem­p­lo do Asana, a sua land­ing page para “gestão de tare­fas” fala sobre: 

    • O que é uma gestão de tarefa? 
    • O que é um pro­gra­ma de gestão de tare­fas faz? 
    • Bene­fí­cios prin­ci­pais de usar um pro­gra­ma de gestão de tarefas 
      • Um local com toda a informação 
      • Esta­b­ele­cer prioridades 
      • Mel­ho­rar colab­o­ração entre mem­bros da equipa
      • Repor­tar o progresso
      • Definir datas e prazos
    • Fun­cional­i­dades do Asana, por exem­p­lo, “ver as tuas tare­fas em difer­entes mod­os de visualização” 
    • Usar fer­ra­men­tas de gestão de tare­fas em equipa 
      • Cri­ar uma lista de tare­fas por prioridades
      • Começar pelas tare­fas mais difíceis 
      • Focar numa tare­fa de cada vez
      • Esta­b­ele­cer prazos 
    • Empre­sas uti­lizan­do o Asana (logóti­pos)
    • Chama­da para a ação (CTA)

    Olhan­do para esta dis­posição, é pos­sív­el iden­ti­ficar os ele­men­tos mais impor­tantes (definição, bene­fí­cios, casos de uti­lizadores e sinais de con­fi­ança) que dev­erá con­sid­er­ar tam­bém para a sua land­ing page.

    Pode tam­bém, por vezes, iden­ti­ficar novos ele­men­tos ao pesquis­ar pelas clas­si­fi­cações de várias palavras-chave que pre­tende usar. 

    Por exem­p­lo, se ver­i­fi­car­mos esta pági­na da Asana usan­do o relatório de palavras-chave orgâni­cas, no explo­rador de web­site, podemos obser­var que está a apon­tar para alguns ter­mos, incluí­dos as palavras “equipa” ou “grupo”:

    Esta pesquisa dá-nos algu­ma clareza acer­ca do tipo de pes­soa que pesquisa por pro­gra­mas de gestão de tare­fas, isto é, alguém que é provavel­mente respon­sáv­el por gerir equipas ao invés de empreende­dores que tra­bal­ham a títu­lo indi­vid­ual. Infor­mação como esta aju­da-nos a cri­ar uma land­ing page que sir­va as neces­si­dades deste grupo de visitantes. 

    Olhan­do para a land­ing page em si, podemos obser­var que nos dá dicas práti­cas de gestão de tare­fas, mas que, por out­ro lado, não tem qual­quer fun­cional­i­dade interativa.

    É claro que uma land­ing page com uma óti­ma dis­posição e infor­ma­ti­va é o que quer­e­mos con­stru­ir para com­pe­tir com o Asana. 

    Para con­trastar com este exem­p­lo: Esta pági­na é o opos­to! Não fala sobre cronómet­ros online – mas é, sim, um cronómetro online. Uma das estraté­gias para cri­ar uma land­ing page com­pet­i­ti­va é cri­ar uma que ten­ha tam­bém um caráter interativo.

    4. Garanta um bom SEO da própria página 

    Ago­ra que tem uma land­ing page atra­ti­va e com uma boa chama­da para a ação (CTA), vamos garan­tir que o Google gos­ta da sua pági­na também. 

    Esta lista ráp­i­da de boas práti­cas de SEO per­mite ajudá-lo a garan­tir que cumpre com os fatores de avaliação: 

    • A palavra-chave prin­ci­pal está pre­sente no URL do seu website? 
    • O link da URL do seu web­site é cur­to e conciso? 
    • Criou um títu­lo (tag) e uma meta-descrição?
    • Está a usar a palavra-chave prin­ci­pal no seu títu­lo H1? Tem só um H1 pre­sente no texto? 
    • Estão os sub­tí­tu­los por ordem hierárquica e a respeitar a estrutura? 
    • Con­seguiu otimizar as ima­gens com­pri­m­in­do-as, escol­hen­do um bom nome para os ficheiros das mes­mas e adi­cio­nan­do um tex­to alter­na­ti­vo apropriado?

    Para uma lista mais detal­ha­da, con­sulte a nos­sa pági­na com a lista de pas­sos para cumprir com SEO.

    5. Construir bons backlinks

    Uma vez que palavras-chave apro­pri­adas para o obje­ti­vo asso­ci­a­do land­ing pages ten­dem a ser algo lucra­ti­vas (porque empre­sas cap­tam con­tatos), as prob­a­bil­i­dades é que essas palavras sejam com­pet­i­ti­vas e bas­tante usadas. 

    Com­pet­i­tivi­dade nor­mal­mente traduz-se em ter que con­stru­ir mais links. A Difi­cul­dade da Palavra-Chave (em inglês, The Key­word Dif­fi­cult) obtém maior pon­tu­ação e a pági­na de resul­ta­dos do mecan­is­mo de pesquisa (SERP), no explo­rador de palavras-chave da Ahrefs, aju­darão a deter­mi­nar, aprox­i­mada­mente, quan­tos back­links você precisa.

    Exis­tem difer­entes estraté­gias para con­stru­ir back­links que podem ajudá-lo a alcançar o seu públi­co-alvo, por isso con­sid­erá-las a todas está fora do âmbito deste arti­go. Ain­da assim, um bom pon­to de par­ti­da é olhar para o espetro das land­ing pages dos seus con­cor­rentes e ver­i­ficar onde eles estão a obter os back­links em uso. Ver­i­fi­ca tendên­cias crescentes?

    Por exem­p­lo, se colo­car­mos em análise a land­ing page sobre ‘gestão de tare­fas’ do Asana no Explo­rador de Web­sites e aten­tar­mos no relatório de back­links, ver­i­fi­camos ime­di­ata­mente uma tendên­cia: tem bas­tantes links pre­sentes em apli­cações móveis de gestão de tarefas: 

    Assim, neste caso, uma estraté­gia de con­strução de back­links que podemos ado­tar para uma land­ing page deste tipo é, de fac­to, ten­tar apare­cer em lis­tas similares. 

    Out­ras tendên­cias que pode dete­tar ao olhar para back­links são: 

    • Links cri­a­dos dev­i­do a uma fun­cional­i­dade inter­a­ti­va e/ou a uma fer­ra­men­ta gra­tui­ta, de fácil promoção.
    • Links para revisões de produtos. 
    • Links para teste­munhos e/ou casos de estudo. 

    O proces­so de 4 pas­sos que acabou de apren­der irá ajudá-lo a cri­ar e a otimizar a sua land­ing page para SEO. Para o inspi­rar ain­da mais, quero par­til­har con­si­go alguns exem­p­los de land­ing pages bem otimizadas. 

    Rank Tracker (Ahrefs)

    Esta land­ing page está otimiza­da para apon­tar para a palavra-chave prin­ci­pal (“rank track­er”), mas o que faz o con­teú­do ser bem-suce­di­do é o fac­to de abor­dar as questões mais comuns rela­cionadas com a mon­i­tor­iza­ção de rank­ings. Esta pági­na abor­da as difer­enças entre a per­for­mance em dis­pos­i­ti­vo móv­el e com­puta­dor, o que são os resul­ta­dos de mecan­is­mo de pesquisa (SERP), a orga­ni­za­ção (por tags e cat­e­go­rias) e a visu­al­iza­ção de palavras-chave e respeti­vo pro­gres­so, assim como aju­da a com­parar-se com o seu maior con­cor­rente. Em suma, todas as questões rela­cionadas com a mon­i­tor­iza­ção de rank­ings no Google (e out­ros motores de bus­ca) estão respon­di­das nes­ta land­ing page. 

    Atual­mente, esta pági­na obtém cer­ca de 3 mil vis­i­tas mensais: 

    Bank of America routing number (Wise)

    Esta land­ing page com­bi­na, de for­ma inteligente, as neces­si­dades do Google (expli­can­do o que é um número de encam­in­hamen­to bancário, o número de encam­in­hamen­to do Ban­co da Améri­ca, e como usá-lo) com os seus obje­tivos (isto é, obter novos subscritores/contatos para a Wise). Enquan­to a Wise prov­i­den­cia o número de encam­in­hamen­to de um ban­co con­cor­rente está, em simultâ­neo, a pro­mover o seu serviço; mais impor­tante, está a realçar que os cus­tos de trans­fer­ên­cia do seu serviço são mais baixos. 

    Atual­mente, esta pági­na obtém cer­ca de 34,9 mil vis­i­tas mensais: 

    Kanban board (Asana)

    Esta land­ing page abrange as palavras-chave “Kan­ban” e “Kan­ban soft­ware”, expli­can­do o proces­so de Kan­ban e a sua filosofia. Por out­ro lado, realça a importân­cia e os bene­fí­cios deste tipo de pro­gra­ma em ger­al (algo que o Google priv­i­le­gia), demon­stran­do como cri­ar um quadro no Asana.

    Atual­mente, esta pági­na obtém cer­ca de mil vis­i­tas por mês:

    Free online calendar planner (Toggl)

    Ao invés de um arti­go exten­so acer­ca da importân­cia de cal­endários, esta land­ing page vai dire­ta ao seu próprio. Palavras-chave que con­fer­em con­tex­to ao tópi­co, tais como “plan­ear tare­fas recor­rentes”, “gestão de cal­endário” e “planea­men­to” estão agru­padas com os bene­fí­cios do pro­du­to de for­ma descritiva.

    Atual­mente, esta pági­na obtém cer­ca de 5,7 mil vis­i­tas mensais: 

    Considerações finais

    Clara­mente, todos os meus clientes querem que as suas pági­nas de ven­das ten­ham exce­lentes clas­si­fi­cações de for­ma a con­vert­erem vis­i­tantes em clientes. Con­tu­do, se a primeira pági­na está cheia de palavras-chave de difi­cul­dade muito ele­va­da, tais resul­ta­dos são (quase) impossíveis.

    Ain­da assim, por favor, não per­ca a esper­ança: com a análise cer­ta e a pesquisa dev­i­da, o suces­so de SEO numa land­ing page está a um pas­so pequeno.

    Estraté­gias tais como abor­dadas neste arti­go são das mais impac­tantes e com maior retorno no final, sendo tam­bém bom inve­stir tem­po e recur­sos em pesquisa e numa con­ce­tu­al­iza­ção visu­al (design) de qualidade. 

    SEO apli­ca­do a land­ing pages é uma das áreas em que você pode tes­tar as suas valên­cias pes­soais e, real­mente, bril­har den­tro do seu negó­cio e equipas. 

    Tem per­gun­tas? Conecte-se comi­go no LinkedIn.